Dicas para um casamento saudável

Casamento dicas

É preciso trabalho para ter um casamento saudável, mas é possível. Assim como uma boa nutrição e exercício regular pode ajudá-lo a ter um corpo saudável, há coisas que você pode fazer para ter um casamento saudável. Aqui estão dicas para fortalecer o seu casamento:

Os parceiros casados precisam de tempo juntos para se tornarem fortes. Planeie regularmente noites de encontro e atividades de fim de semana. Se uma fuga não é imediatamente possível, em seguida, torná-lo um objetivo que você vai trabalhar para. Ao passar tempo com o seu parceiro, compreenderá melhor as suas diferenças e como negociar os problemas que podem causar. Esqueça a discussão “qualidade versus quantidade de tempo” – os casamentos saudáveis precisam de ambos.

O conflito é uma parte normal de qualquer relação. Há um ponto, no entanto, em que pode aumentar de intensidade e tornar-se emocionalmente e, por vezes, fisicamente inseguro. Resolver problemas em um relacionamento começa com a compreensão de quais são seus problemas e como discuti-los. Há muitos recursos disponíveis para ajudá-lo a aprender a lidar com o conflito. A utilização destes recursos pode contribuir muito para preservar a segurança que você e o seu parceiro sentem.

Quando um casal não se respeita um ao outro, muitas vezes escorrega em hábitos negativos. A investigação mostra que nada pode prejudicar uma relação mais rapidamente do que críticas e depreciações. Tratar o seu parceiro como gostaria de ser tratado fortalecerá a sua ligação. Fazer um elogio ao seu parceiro é uma maneira rápida e fácil de mostrar-lhes respeito. Quando você está tentado a reclamar a alguém sobre um dos defeitos de seu parceiro, pergunte a si mesmo como você se sentiria se eles fizeram isso com você?

Faça disso um ponto para trabalhar na auto-descoberta. Muitos parceiros entram em relacionamentos sem saber o suficiente sobre si mesmos. Como resultado, eles também podem ter dificuldade em aprender sobre seus parceiros. Aprender sobre si mesmo irá melhor equipá-lo para crescer como um indivíduo e um parceiro. Independentemente do tempo que estão juntos, há sempre mais coisas que podem aprender sobre ele ou ela com o vestido de noiva com rendas. Quais são os seus sonhos para o futuro? Qual é o seu pior medo? Imaginem o vínculo que irão partilhar ao longo de uma vida juntos, se se comprometerem a descobrir coisas novas um sobre o outro!

A intimidade conjugal pode abrir o seu relacionamento a um novo nível de prazer e proximidade. É importante, no entanto, lembrar que a intimidade nem sempre significa sexualidade. Um aspecto frequentemente esquecido da intimidade é o tipo emocional. Um exemplo de intimidade emocional é criar um espaço seguro para o seu parceiro compartilhar suas emoções sem medo de julgamento ou ridicularização. Aprenda a diferença entre intimidade emocional e física e quando cada um é mais apropriado. Oferecer ao seu parceiro um tipo quando eles realmente precisam do outro pode criar problemas no seu relacionamento.

Os casais prosperam quando partilham interesses semelhantes. Isso não significa necessariamente que cada parceiro irá desfrutar de todas as atividades, mas abre a oportunidade para uma maior partilha e compromisso. Fazer as coisas separadamente não é mau, mas os interesses comuns são importantes para casamentos saudáveis. Um interesse comum pode ser cozinhar ou comer novos alimentos juntos, indo para passeios ou jogar cartas. O objetivo é ter algo fora de sua família que ambos possam desfrutar.

Muitos casais se aproximam quando compartilham alguma forma de conexão espiritual. Isto pode ser feito de muitas maneiras diferentes. Por exemplo, pode ser através de uma afiliação com uma igreja, sinagoga ou mesquita, através da meditação ou simplesmente passando tempo na natureza ou conversa íntima.

A capacidade de falar e ouvir uns aos outros é uma chave para um casamento saudável. Você nunca deve assumir que seu parceiro sabe o que você está pensando ou sentindo. Diga ao seu cônjuge o que está acontecendo—e como cônjuge, saiba quando simplesmente ouvir. Aprender a ouvir realmente o seu parceiro é uma habilidade que pode exigir prática. Há muitos recursos disponíveis, como livros, workshops de educação matrimonial e cursos on-line. Todas estas opções podem ajudar os casais a aprender a comunicar de forma mais eficaz.

Fonte: https://amocasamentos.com/vestidos-de-noiva-tomara-que-caia/